The Brazilian Free Fire Emulation Scene – The Esports Observer

Garenade Queimada livre é um dos jogos para celular mais famosos do mundo e é mormente considerado em regiões porquê o Brasil. Porém, alguns jogadores não se sentem confortáveis ​​jogando em smartphones e preferem emular o jogo no PC, usando um programa para emular o jogo para celular nele. Portanto, embora a emulação, Queimada livre pode ser jogado no PC, permitindo que os jogadores usem o teclado e o mouse para jogar em vez dos dedos na tela do smartphone. Graças a esses jogadores, alguns dos quais é realmente famosos entre os Queimada livre comunidade porquê Fluxoo cofundador Lucio “Cera”Lima, um cenário competitivo foi desenvolvido.

Embora não seja tão pomposo e não conte com os mesmos recursos da Liga Brasileira solene de Queimada livre (LBFF), que tem porquê foco o mobile, o cenário de emulação está sendo desenvolvido com novos investidores e também campeonatos especiais a ele dedicados. O empresário do dedo Delo Amendola disse ao The Esports Observer que decidiu entrar no esports especificamente por meio de um Queimada livre equipe de emulação. Sua equipe, Tropa, foi criada há seis meses a partir de observações feitas por Amendola: “É uma cena muito badalada”, diz ele.

A liga principal é a Vernáculo Queimada livre League (NFA), que foi fundada pelos empresários Bernardo Assad e Marcelo Camargo. A NFA conta atualmente com mais de 4,5 milhões de seguidores no Instagram e 1,25 milhão de assinantes no YouTube, atraindo a atenção de grandes marcas da LATAM porquê o app de entrega Rappi em 2020. A liga, que segundo os fundadores é inspirada na NBA e NFL , entra em sua quinta temporada em 27 de março.

A NFA conta com equipes de algumas das principais organizações de esportes eletrônicos do Brasil, porquê a NOISE, de propriedade ALTO, e Faz o P, de propriedade de paiN Gaming. Eles usam essas tags porque, porquê as organizações assinaram com Garena para LBFF, a empresa pede que eles não usem as mesmas marcas nos torneios de emulação não oficiais. Apesar disso, a transmissão da NFA é apresentada no BOOYAH !, a própria plataforma de streaming do Garena.

Outras iniciativas independentes também estão aumentando a conscientização para o cenário de emulação: ser um Queimada livre superstar e ter fundado sua própria equipe com Bruno “Nobru”Goes, um dos principais atletas do esporte no Brasil, Lima investiu no cenário de emulação ao lançar seu próprio torneio chamado Cerol Challenge, com um prêmio de $ 50.000 BRL (aproximadamente $ 8.615 USD).

Apesar da existência de dois cenários competitivos diferentes do jogo, o Queimada livre a comunidade não se dividiu por ele e os jogadores é famosos em ambos os lados. Lima, por exemplo, foi recentemente escolhida pela Universidade Unopar para ser a embaixadora de seu celular Queimada livre torneio, que tem uma premiação de $ 30K BRL ($ 5,4K USD) e concederá 12 bolsas aos três melhores times da competição.

Recentemente, Gabriel “bak” Lessa do LOUD, um Queimada livre reprodutor de emulação para NOISE, quebrou o recorde de streaming em português no Twitch em um amistoso com Faz o P. da paiN Gaming. Queimada livre comunidade no Brasil parece estar unida pelo paixão pelo jogo e pelos jogadores que admira, não buscando realmente formas de diferenciá-los. É um exemplo de união e convívio com o qual talvez toda a cena do esports possa aprender.

Deixe um comentário